Órgãos de Portugal

Home • Órgãos Históricos • Órgãos Modernos • Artigos • Discografia • Partituras • Podcasts • Agenda • Links

 

Órgão do Coro Alto da Sé de Viana do Castelo

 

Localidade: Viana do Castelo

Localização: Coro Alto, lado do Evangelho

Construtor: Joaquim António Peres de Fontanes

Ano Construção: -

Último Restauro: -

Estado: -

Foto

 

Foto gentilmente cedida por: Marco Ginja

Disposição dos Registos

I - Manual

(Dó - fá''')

Mão esquerda(Dó - dó')
Flautado de 12 tapado (8')
Flautado de 6 tapado (4')
Quinzena  (2')
19ª e 12ª  (1
1/3' + 1')
Cheio
Fagote  (8')
 

Mão direita (dó #' - '')
Flautado de 12 tapado (8')
Flautado de 6 tapado (4')
15ª, 19ª e 12ª  (2' + 1
1/3' + 1')
Corneta
Voz Humana   (8')
Oboé  (8')
 

Acessórios: Pisantes para ligar e desligar o Cheio

 

Informação complementar:

«No coro-alto existe órgão positivo de armário, encerrado numa caixa de madeira de castanho, com duas portadas sem qualquer decoração, rematada em cornija, sobre a qual evolui um espaldar recortado, decorado por acantos e enorme rosetão vazado. As portadas abertas deixam antever os flautados enquadrados por estrutura de talha policroma com marmoreados fingidos rosa, verde e bege, possuindo apontamentos dourados. A estrutura forma três nichos divididos por quatro pilastras com o fuste almofadado e decoração fitomórfica, assentes em falsas mísulas; no nicho central, os flautados surgem em disposição diatónica em tecto, protegidos por gelosia fitomórfica, enquanto os laterais apresentam uma disposição cromática, em harpa, acompanhando a forma das gelosias, ao contrário do habitual, mais exuberantemente decoradas do que a central, compondo elemento volutado, à volta do qual surgem acantos e pequena grinalda de flores. A zona do teclado, manual com 30 teclas, forma janela, flanqueada pelos botões dos 12 registos ou jogos de flautas [...]. Ao lado da identificação dos registos, o último organista que nele tocou deixou a informação de que o fagote e o oboé não abriam e, numa curiosa nota junto ao Flautado de 12 tapado, a informação de que "Para Melodias é todos abertos i éte fechado".[...] No contrato, refere-se que seria um meio Órgão, com caixa de castanho guarnecida com molduras, e almofadas, e nas ilhargas de talha aberta, com cobertura que abra ao tocar e torne a fechar; os foles metidos em baixo de pé e jogo de marfim , tendo dez registos iguais nas duas mãos: "flautado de 12 com os primeiros canos tapados, e onde suprir altura serão de estanho abertos; 8.ª do flautado, superior 8.ª, 5.ª - da 8.ª, sinco vozes, a saber = a primeira em c a 2.ª em J a 3.ª em 4.ª; a 4.ª em 3.ª a 5.ª em 5.ª; na mão direita, segue o mesmo, e demais hua voz a c, com seus tambores.»

 

Informação relativa aos registos e informação complementar retirada do site da DGEMN e Meloteca